Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > PAS - Programa de Acolhimento ao Servidor > Marcos Celso Rodrigues – Professor Substituto área Informática
Início do conteúdo da página

Marcos Celso Rodrigues – Professor Substituto área Informática

Publicado: Segunda, 15 de Junho de 2020, 10h07 | Última atualização em Sexta, 19 de Junho de 2020, 10h36

pas2Marcos Celso é natural da cidade de Areado-MG.

Foi nessa cidade que concluiu o ensino básico, na Escola Estadual João Lourenço. Em Alfenas na Escola Estadual Emílio da Silveira, concluiu o Ensino Médio. Pela Universidade José do Rosário Vellano – UNIFENAS graduou-se em Tecnologia de Processamento de Dados (1994). Em 2012, pela Universidade Federal de Ouro Preto – UFOP, se tornou Especialista em Práticas Pedagógicas. Pela Faculdade do Noroeste de Minas – FINON (2013) concluiu a Pós-Graduação em Informática na Educação. Em 2014, pela Universidade de Franca – UNIFRAN, finalizou a Licenciatura em Matemática.

Atualmente é aluno especial da Pós-Graduação nível Mestrado da Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL e está se especializando em Design Instrucional pela Universidade Federal de Itajubá – UNIFEI.

Iniciou sua vida profissional no ano de 2002 como professor, atuando em Escolas de Ensino Básico.

Seu primeiro contato com o serviço publico se deu no ano de 2007, quando foi contratado para atuar como professor no Curso Técnico em Informática, da então Escola Agrotécnica Federal de Machado - EAFM, na cidade de Alterosa. Em 2009, pela Escola Agrotécnica Federal de Muzambinho - EAFMuz, assumiu a Coordenação do Curso Técnico em Informática na mesma cidade, onde permaneceu até 2014. No mesmo ano de entrada na EAFMuz, assumiu também funções dentro do ensino a Distancia, onde permanece até a presente data, desenvolvendo funções como, Professor Conteudista, Professor Pesquisador Formador, Coordenador de Tutoria, Coordenador do Curso Técnico em Informática a Distância e Tutor. De 2014 a 2018, já pelo Campus Muzambinho, atuou como Coordenador do Programa PRONATEC, na cidade de Alterosa, onde foram ofertados os cursos de Informática, Enfermagem e Meio Ambiente.

Para Marcos Celso, a motivação da volta, está por considerar o Campus como uma segunda casa, aqui tem amigos, colegas e uma estrutura que já conhece bem. Prestou concurso em outros lugares, mas seu objetivo era atuar no Campus Muzambinho. Marcos tem um sentimento de gratidão ao Campus, e as pessoas que aqui trabalham, principalmente por que esteve presente nas várias fases de transição que passaram nossa escola.

Texto por Dorival Alves Neto

 

Como inserir a ludicidade em atividades remotas? Os professores, Maria Aparecida Lúcio Mendes e Rene Santos do Vale, são os convidados especiais da atração. Solta o play!

spotifyDeezerSintonizepodcasts de maçãÂncoradisjuntorcastboxpocket castsradiopublicaSintonizespotify
Fim do conteúdo da página
-->